Nós lutamos para a conservação das florestas tropicais. A sua voz ajuda!
Aqui estamos ativos

Estamos ativos em todo o mundo para apoiar as nossas organizações parceiras nos países tropicais. Leia aqui onde ajudamos e o que fazemos.

  • petições
  • êxitos
  • doações
Map
Elefante esfolado em Mianmar

282.291 participantes

Pele de elefante para a China - parem com a perversa caça furtiva!

Os elefantes da Ásia são mortos para virar ingrediente de pomada na China, a qual serve para tratar eczemas e problemas digestivos.

Onça

191.620 participantes

Aldi e Lidl não devem fazer carvão vegetal da mata da onça!

Matas do Chaco paraguaio são cortadas para virar carvão vegetal de exportação, ameaçando a mata virgem, o habitat da onça e um povo isolado.

Indígena, Amazonía

484.098 participantes

Salve o Pulmão Verde do Planeta

Os indígenas da Amazônia exigem da ONU e dos governos da região que se pare de destruir a mata virgem. Por favor, apóie esse apelo.

Resistencia Digna

192.317 participantes

Nada de Estradas no Parque Nacional!

Os moradores da Amazônia boliviana dirigem-se novamente a nós: o governo desengavetou, de novo, um projeto de construção de uma estrada.

100.000 assassinados!

414.924 participantes

Chega de biodiesel e óleo de palma! Salvem os orangotangos!

Como a EU manda misturar biocombustíveis ao óleo diesel e à gasolina, abastecemos com óleo de colza ou palma, trigo ou beterraba, cujo cultivo causa danos ao meio-ambiente.

Palanca-negra  (Hippotragus Niger)

190.839 participantes

Não deixe a floresta do miombo virar fábrica de celulose!

Para prover uma fábrica de celulose, Moçambique planeja desmatar 237 mil hectares, inclusive florestas de miombos. A população sofre com o roubo de terra e empobrece.

Negócio sujo da Airbus com óleo de palma

269.311 participantes

Nada de fazer negócio sujo com óleo de palma!

CEPA, o acordo comercial entre a UE e a Indonésia, não pode ser carta branca para um ilimitado comércio de óleo de palma, o qual tem de ficar de fora das negociações.

Bois em um caminhão

316.619 participantes

É por causa da carne que a Amazônia está queimando! Parem com isso!

A UE fechou um acordo de livre comércio com os países do MERCOSUL, o qual é prejudicial para o meio-ambiente. Precisamos impedir a ratificação desse tratado!

Fotomontagem: A bandeira da UE explode na frente de um trator que remove a vegetação

229.518 participantes

Peça para a União Europeia agir já contra o desmatamento!

O prazo para a UE honrar seus compromissos de combater o desmatamento está se esgotando. Precisamos urgentemente de um Plano de Ação da UE para proteger as florestas.

Agua mineral e danos no lençol freático

214.662 participantes

Nestlé, pare com a loucura da água!

Enquanto a Nestlé prejudica o lençol freático de Vittel (França), donde extrai água para vender mundo afora, seus moradores vão ter de beber água vinda de pipelines.

Pongo tapaluniensis

314.656 participantes

Raríssimo orangotango ameaçado de morte

O orangotango de Tapanuli, espécie recém-descoberta, já está ameaçado, pois querem inundar a floresta deles, construindo uma barragem. Vamos impedir que isso aconteça!

Uma árvore velha, árvores derrubadas apodrecendo na Floresta Bialowieza, na Polônia

148.529 participantes

Desmatar para produzir energia? Não, obrigado!

A UE está decidindo sobre a ampliação das energias renováveis. Destas, a madeira é a mais significativa. No futuro, mais florestas ainda deverão cobrir a demanda de energia.

Girafas-Masai na Reserva de Selous

286.110 participantes

É preciso salvar milhões de árvores na Tanzânia!

O presidente da Tanzânia quer derrubar 1500 km² de mata para construir uma barragem em Selous, paraíso animal que é patrimônio da humanidade.

Rã no prato

171.286 participantes

Ponham fim ao comércio de anfíbios!

Mundialmente, incontáveis anfíbios morrem por causa de um fungo letal. É através do comércio internacional de anfíbios que o fungo causador se esparrama pelo globo.

Um bonobo

247.635 participantes

Nada de sangue de primatas em troca de petróleo

Hominídeos estão com a corda no pescoço, por causa da nossa ganância por petróleo. Essa frase resume o destino que ameaça bonobos e gorilas na Bacia do Congo.