Salvem o refúgio dos Orangotangos

Dois jovens orangotangos brincando com um ramoOs orangotangos em Sumatra estão em perigo sério (foto: Jay Ullal)
49.758 participantes

A floresta da Indonésia esta queimando. Só na semana passada havia mais de 100 fogos de incêndios em Tripa, ameaçando o último refúgio dos Orangotangos. Responsável é uma empresa que produz óleo de palma – se continuar assim, todos os Orangotangos podiam morrer até o final do ano 2012.  Eles precisam da nossa ajuda agora!

Notícias e Atualidades Apelo

A floresta da Indonésia está queimando. Só na semana passada havia mais de 100 fogos de incêndios em Tripa. Estes fogos põem os últimos refúgios dos Orangotangos em perigo. Responsável é uma empresa que produz óleo de palma – se eles nao estão detenidos, todos os Orangotangos podiam morrer até o final do ano 2012. Eles precisam da nossa ajuda agora!  

Na floresta de Tripa se encontram muitas espécies de animais e plantas raras. Aqui também vivem a maioridade dos últimos 6.600 Orangotangos de Sumatra, que se alimentam da grande variedade das frutas. Mas se o governo da Indonésia nao tomar medidas imediatas, a floresta de Tripa corre perigo mortal.  

Esta setença literalmente decide sobre vida e morte

Um terço da floresta de Tripa, que na realidade devia estar protegido, já foi eliminado por causa das plantações de óleo de palma. Só 12.000 hectares da área original de 60.000 hectares ainda estão intactos. A destruição esta progredindo rápida demais.

Um dos principais culpados é a empresa de produção de óleo de palma PT Kallista Alam. Eles estão arroteando e queimando a floresta preciosa. A empresa até recebeu uma autorização oficial, apesar de existir uma moratória de dois anos ao deflorestamento.  

Uma organização ambiental da Indonésia, chamada WALHI, e a população local estão intendando um processo contra esta destruição, que vai ser realizado nestes dias. É um caso precendente. Se a setença for pronunciada em favor da empresa, seria o golpe mortal para a floresta de Tripa.  

Nos precisamos da sua ajuda para salvar a floresta de Tripa como espaço vital dos Orangotangos de Sumatra.

Carta

Para:
O Conselho da Magistratura na
Pengadilan Tata Usaha Negara (PTUN)
Di Banda Aceh
Fax: + 62 651 27883


Para a atenção da magistratura responsável no caso No. 19/G/2011/PTUN-Banda Aceh

Prezados Senhoras e Senhores,

Referindo-se ao ensaio judicial do autor da ONG Walhi contra o governador de Aceh, Irwandi Yusuf, por causa da permissão oficial para instalar uma plantação de óleo de cóco nas lodos de Tripa (no. 525/BP2T/5322/2011), mesmo que sejam parte do protegido ecossistema Leuser.

1. Eu apoio os esforços para preservar e salvar da destruição os lodos nos distritos Nagan Raya e Nagan Raya. Como ecossistemas explícitas eles tem uma importância enorme como espaço de vida para a população local e para as pessoas da região Aceh. Os lodos de Tripa cumprem uma função vital do ecossistema, servem para a proteção contra tsunamis e inundações e também como sumidouros de carbono. Preservando os lodos de Tripa têm uma importância enorme para cumprir o alvo governamental para a redução de emissões de CO2.

2. Os lodos de Tripa fazem parte do ecossistema Leuser como “Estratégia Nacional da proteção da area ambiental” (National Strategic Area for Environmental Protection) e são considerados parte do
Planejamento do espaço natural. Tanto o planejamento nacional como regional prescrevem o estatuto de protecção legal dos lodos.

3. Minha grande preocupação é a destruição progressiva dos lodos de Tripa para instalar plantações de óleo de cóco. As empresas responsáveis não dão consideração ao bem-estar da população local e também não de preocupam com a preservação do ambiente. Eu também quero sublinhar o facto que há vários investigações que provam os efeitos prejudiciais que os plantações de óleo de cóco tem no meio ambiente da região. Só no ano 2011 havia 28 conflitos sociais, uma destruição das florestas e contaminação ambiental imensa relacionado com plantações de palmeiras. Não quero que isso acontece em Tripa também.

4. No final também quero lembrar mais uma vez nos compromissos contratuais que o governo da Indonésia fez para proteger as florestas e os lodos do pais contra a destruição ambiental. Estas medidas servem para a proteção dos ecossistema sensíveis e também são parte do compromisso internacional do governo da Indonésia para reduzir as emissões do país.

Resumindo eu peço os juizes honrosos do tribunal de Banda Aceh responsáveis para o caso no. 19/G/2011/PTUN submetido do autor, Walhi, contra o governador de Aceh, Irwandi Yusuf, negociando a aprovação oficial no. 525/BP2T/5322/2011, para chegar numa sentença justa. Deveriam proteger a população local e garantir a proteção do meio ambiente na referida região.

Obrigado pela vossa atenção e mantenho a esperança de um julgamento justo,

Com os melhores cumprimentos,

Notícias e Atualidades

êxito · 8 de set. de 2012

Tripa: bosque dos orangotangos salvo

Orangotango novo na selva

Recolhemos quase 50.000 assinaturas contra a destruição das florestas de turfa de Tripa. E agora é garantido por lei: em 30 de Agosto o tribunal administratrivo em Medan no norte de Sumatra declarou a atribuição da concessão de óleo de palma na floresta protegida de Tripa ilegal. Um grande êxito para nós – mas sobretudo para os orangotangos em Tripa

LEIA MAIS

êxito · 23 de abr. de 2012

Esperança para os orangotangos: investigações oficiais iniciadas em Tripa

A empresa PT Alam Kallista, que produz óleo de palma, é acusada de ter quebrado intencional­mente e sistematicamente as leis da Indonésia. Isso foi descoberto pelas autoridades responsáveis, que iniciaram investigações em relação ao acordo que a Indonésia fez com a Noruega, em que o país devia receber bilhões de dólares se tomara certas medídas para a proteção do meio ambiente.

LEIA MAIS