A UE deve proteger as florestas, e não as queimar em usinas

Colagem: biomassa a partir da madeira Floresta é derrubada e carbonizada para produzir energia (© shutterstock.com + istockphoto.com - Collage RdR)

É preciso que as fontes de energia fósseis sejam substituídas rápido pelas renováveis. No entanto, o impacto de queimar florestas para produzir energia não é neutro para o clima, tampouco pró meio-ambiente. Por favor, ajude a tirar a queima de madeira das metas da UE para energias renováveis, parando de incentivá-la com subvenções.

Notícias e atualizações Apelo

Para: Prezado Sr. Frans Timmermans, Vice-presidente da Comissão Europeia, Prezados governos dos Estados-Membros,

“A UE não deve considerar a queimada de madeira como fonte de energia renovável, estimulando o desmatamento pelo mundo afora por meio de subsídios milionários.”

Abrir a petição

A UE está tomando decisões importantes a respeito de como reagir à crise do clima e da biodiversidade, bem como acerca da energia que produzimos e de como protegemos a natureza e a biodiversidade. Essas decisões ainda vão nos influenciar por muitas décadas.

Agora é a hora de ficar claro para a UE que queimar madeira para produzir energia é uma catástrofe para as florestas e o clima: não é isso que se tem em mente quando se deseja “energias renováveis”.

A situação de pobreza energética é um problema sério para a UE, já que muita gente depende da queima da madeira para poder se aquecer. Consequentemente, esta petição não se opõe, de forma geral, ao uso da madeira como fonte de energia.

No entanto, por meio de subvenções bilionárias, os países-membros da UE estão fomentando o crescimento de derrubadas, as quais, por sua vez, aumentam as emissões de CO2 e degrada os ecossistemas florestais. Isto não apenas piora as emissões de gases do efeito estufa, como também queima dinheiro público que deveria estar sendo investido em tecnologias realmente limpas, como sol e vento.

A quantidade de madeira queimada para produzir energia e aquecimento aumentou muito, desde que a UE começou a considerá-la como fonte de energia limpa para fins de cumprimento das metas para energias renováveis. Na UE, entretanto, mais de um terço das energias renováveis provém da queima da madeira, das quais uma grande parcela provém de diretamente de florestas.

Produzir energia a partir de madeira não apenas é prejudicial para florestas e para o clima, como também para a nossa saúde. A queima de madeira é uma das principais causas de poluição do ar, que dá causa à morte de mais de 1000 pessoas por dia na UE.

Por favor, apoie a petição a seguir, ajudando-nos, com isso, à queimação de nossas florestas:

Mais informações

Nossas florestas nos proveem de ar fresco e água limpa, ajudam a regular as chuvas e níveis de água nos rios e preservam o solo de erosão. Elas armazenam milhões de toneladas de carbono, protegem a humanidade dos perigosos efeitos da mudança do clima e são o habitat de um sem-número de espécies de plantas e animais.

Energia proveniente do saque de florestas para ser usada como combustível não é renovável, além de ameaçar as funções e os serviços prestados pelas florestas.  Consultores científicos da União Europeia constataram que as florestas da UE estão sendo rapidamente degradadas, o que em parte, vem sendo causado pela extração de madeira para geração de biomassa.

E não é só na Europa que as florestas estão sofrendo. A UE vem importando cada vez mais pellets dos EUA, Canadá, Rússia, Ucrânia e até mesmo do Brasil. A indústria norte-americana de pellets derruba anualmente milhares de toneladas de árvores para exportar para a Europa, razão pela qual 86 organizações ambientalistas do mundo todo apoiam esta petição.

Essa equivocada política que prejudica a qualidade do ar, as florestas e o clima é financiada por subvenções que deveriam incentivar apenas “energia limpa e verde” propriamente dita. Em 2017, 15 membros da UE pagaram subvenções no montante de 6,5 bilhões de euros para subsidiar queima de madeira para geração de energia.

Carta

Para: Prezado Sr. Frans Timmermans, Vice-presidente da Comissão Europeia, Prezados governos dos Estados-Membros,

Exmas. Sras. e Sres.,

Preservar a natureza, evitando os piores efeitos da mudança do clima, exige um engajamento extraordinário para proteger e restaurar as florestas naturais.

Não obstante, os chefes de governo dos países da UE estão enterrando nossos esforços comuns de lutar por nossas florestas e nosso planeta. Como? Com a política comunitária europeia que incentiva a queimada de madeira extraída de florestas para fomentar a produção de energia supostamente renovável e “livre de carbono”. Essa política intensifica a extração de madeira nas florestas, bem como as emissões de gases do efeito estufa relacionadas a essa extração.

Derrubar florestas para queimá-las é ruim para o clima e para a saúde humana, bem como para as plantas e animais que as habitam. Para alcançar as metas para energias renováveis, a UE vai ficar a cada ano mais dependente da combustão da madeira. E os consumidores, por sua vez, financiam as subvenções por meio de taxas pagas anualmente por essa equivocada "solução" do problema do clima.

Essa situação é insuportável.

Exigimos, em consequência, que os políticos da UE e seus estados-membros façam o seguinte:
- Ponham fim nas subvenções e outros estímulos para a queima de madeira florestal, usando esses recursos para apoiar a eficiência energética e fontes de energia que são realmente renováveis e pobres em emissões;
- Excluam a energia proveniente da combustão da madeira florestal da possibilidade de compensação dentro das metas para energias renováveis;
- Priorizem a proteção e renaturização de florestas, garantindo que todas as diretivas e outras normas europeias protejam a nossa saúde, o clima e a diversidade biológica.

Cordialmente

Notícias e atualizações Footnotes

Esta petição está disponível, ainda, nas seguintes línguas:

89.609 participantes

Ajude-nos a atingir 100.000:

Atividades recentes